Espaço Confinado: como identificá-lo em 2 minutos

Espaço Confinado, como saber se um ambiente é definido como um Espaço Confinado?

Este vídeo “massa” e curtinho vai nos ajudar. Dá uma olhadinha.

NR 33: SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS

Desse modo, a NR 33 traz a definição do que é um Espaço Confinado. Vamos a essa definição para conseguirmos responder a nossa questão.

” 33.1.2 Espaço Confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio.”

A Norma Brasileira ABNT NBR 16577 também traz uma definição bem parecida com essa da NR 33, pois ela se originou da NBR 16577 que tiveram os mesmo coordenadores.

Check list para saber um ambiente é um Espaço Confinado

1º) O local foi projetado para ocupação humana e contínua?

2º) Possui meios limitados de entradas e saídas? VAMOS ABRIR O LEQUE AQUI…

  • Entradas e saídas são provisórias?
  • As posições de entradas e saídas são desconfortáveis?
  • Para entrar e sair de ambiente é necessário Equipamentos de Proteção seja Individual ou Coletivo?

3º) A ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou existe deficiência ou ainda enriquecimento de oxigênio?

Conseguiu responder essas perguntas? Lembrando aqui algo EXTREMAMENTE IMPORTANTE:

Esse check list é para que tenhamos uma NOÇÃO DO QUE É UM ESPAÇO CONFINADO.

Dessa forma, deve-se fazer uma INSPEÇÃO DOS RISCOS IN LOCO, é necessário ser treinado e usar várias ferramentas para dá o “veredito” de quais cuidados devemos ter para realização de atividades nesses locais.

Desse modo, outro ponto importantíssimo é que quem for realizar as atividades de trabalho nesses locais deverá passar por treinamento.

Sendo assim, por lei é obrigatório pelo menos 3 pessoas para executarem essa atividade: um Vigia, um Supervisor de Entrada e um Trabalhador Autorizado – a entrar no Espaço Confinado.

Etapas para a entradas em um Espaço Confinados: controles ambientais

1º Análise Preliminar de Riscos: Perigos e riscos do ambiente;

2º Permissão de Entrada de Trabalho;

3º Isolamento do espaço confinado;

4º Sinalização de acordo com a NR 33;

5º Trava, Bloqueio e Etiquetagem: controle de energias perigosas;

6º Monitoramento da atmosfera interna;

7º Ventilação;

8º EPI e EPR adequados;

9º Eterna vigilância.

Gases que podem estar presente em Espaço Confinado

Esses são os riscos atmosféricos, químicos, que mais matam os trabalhadores em Espaços Confinados no Brasil e no mundo. E não podemos esquecer os outros riscos que existem nesses ambientes: físicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes, pois temos que identifica-los e eliminá-los ou atenuá-los.

Tipos de GASES e alguns exemplos…

  • Tóxicos: monóxido de carbono e gás sulfídrico, a pessoa morre por intoxicação;
  • Inflamáveis: Metano CH4, risco de incêndio e explosão;
  • Asfixiantes Simples: Nitrogênio (N2) e Argônio (Ar), sufocantes.

Todos geram riscos a VIDA HUMANA. Podem também estar associados aumentando ainda mais o risco.

Desse modo, para cada tipo de gás presente num Espaço Confinado existe um procedimento de segurança para a sua contenção/controle. É necessário detectores de gases que medem a presença desses gases nesses ambientes, treinamento de proteção respiratória.

NR 15 – Anexo 11 – Quadro 1 Limite de Tolerância

Assim, esta Norma define LT para diversos agentes químicos, como os gases. Aqui temos parte do quadro devido a sua extensão. No entanto, apesar de ser extenso, quando não encontramos algum gás presente nos processos, podemos recorrer aos LT internacionais como ACGIH, OSHA, NIOSH etc.

Portanto, devido a criticidade das atividades em Espaços Confinados é necessário fazer a INSPEÇÃO IN LOCO, sendo que, quem pode realizar a inspeção deve ser treinado e ter experiência na atividade para que se evite acidente ou mesmo morte dos trabalhadores.

Por isso, Francisco Kulcsar da FUNDACENTRO, fala dos riscos e perigos existentes num Espaço Confinado.

Autora: Jennifer Fonseca/Engenheira de Saúde e Segurança do Trabalho

Saiba mais

Visite a nossa loja de Treinamentos. Temos presencial e online (EAD).

Conheça os nossos serviços!

Rodrigo Oliver
Sou Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, daqueles que estão sempre falando de segurança, então a ideia é compartilhar com vocês as coisas que acredito e que têm possibilitado um grande sucesso na nossa empresa. Aqui são dezenas de pessoas trabalhando para encontrar a solução mais incrível na redução dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais.