Sinalização no transporte de materiais perigosos: como funciona?

Sinalização no transporte de materiais perigosos é necessário? Qual a importância? Saiba mais ao longo do artigo!

Você provavelmente já deve ter visto enquanto viajava pela estrada aquelas placas coloridas em alguns caminhões, você sabe do que se trata?

O que é a sinalização no transporte de materiais perigosos?

Um veículo que transporta cargas precisa ser específico para essa atividade e também precisa seguir algumas regras com o objetivo de otimizar o serviço de transporte e evitar problemas maiores. 

Por tanto, veículos especiais para transporte de produtos perigosos não seriam diferentes, eles precisam de dois elementos para simbolizar e caracterizar o material carregado, são eles:

  • O rótulo de risco: aquela placa em forma de losango com símbolos e cores variadas
  • Painel de segurança: que é a placa retangular na cor laranja com um código. 

Para que serve a sinalização no transporte de materiais perigosos?

Esses elementos ajudam bastante em casos de acidentes envolvendo os veículos que transportam materiais perigosos.

Sendo possível tomar atitudes mais seguras em relação ao tipo do produto durante a prestação de socorro.

O que significa o rótulo de risco?

Vamos conhecer melhor a simbologia:

O rótulo de risco, que é a placa em forma de losango, possui cores, símbolos, números e textos variados que são referentes a natureza, o manuseio e a identificação do produto.

No rótulo de risco cada cor possui um significado, vejamos:

  • Vermelho – inflamável
  • Verde – gás não inflamável
  • Laranja – explosivo
  • Amarelo – oxidante
  • Amarelo com vermelho – peróxido orgânico
  • Azul – material perigoso quando molhado
  • Branco – tóxico ou infectante
  • Branco com preto – corrosivo
  • Amarelo e branco – radioativo 
  • Branco com vermelho- combustão espontânea
  • Listrado vermelho com branco – sólido inflamável
  • e meio branco, meio listrado preto e branco – substâncias perigosas diversas.

Além das cores e do nome temos também um desenho chamado de pictograma que simboliza o risco em questão e o número indicando a classe ou a subclasse do risco.

O que é o painel de segurança?

O painel de segurança aparece apenas na cor laranja, podemos dividir essa placa em duas partes, superior e inferior.

Parte superior -> temos o número do risco, que possui de 2 a 3 algarismos, cada um deles com um significado.

  • 1 corresponde explosivo
  • 2 representa os gases
  • 3 líquidos inflamáveis
  • 4 sólidos inflamáveis
  • 5 substâncias oxidantes e peróxidos orgânicos
  • 6 substâncias tóxicas e infectantes
  • 7 materiais radioativos
  • 8 substâncias corrosivas
  • 9 substâncias e artigos perigosos diversos
  • e a letra X significa que o produto é reagente à água

Quanto ao segundo algarismo, se este for um zero, indica que não nenhum risco secundário além do referente ao primeiro algarismo.

Se o primeiro algarismo se repetir significa que o risco é aumentado, se o numero for triplicado, meu amigo, significa que o risco é altamente perigoso.

Para entender mais veja o vídeo a seguir:

Parte inferior: Referente ao número ONU, uma espécie de RG, dos produtos químicos, esse numero é um padrão internacional e foi definido pela Organização das Nações Unidas como o próprio nome diz, este número composto por 4 algarismos identifica e diferencia produtos químicos.

Autor: Guilherme Lage/ Graduando em Engenharia de Saúde e Segurança do trabalho.

Saiba mais:

NR-26-Sinalização de Segurança do Trabalho

Normas Regulamentadoras: entenda tudo a respeito das NR´s!

RAC 05 – Prevenção de Riscos em Movimentação de Cargas

NR-11-Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais

Rodrigo Oliver
Sou Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, daqueles que estão sempre falando de segurança, então a ideia é compartilhar com vocês as coisas que acredito e que têm possibilitado um grande sucesso na nossa empresa. Aqui são dezenas de pessoas trabalhando para encontrar a solução mais incrível na redução dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais.