O que não te contaram sobre capacetes de segurança

Qual a importância dos capacetes de segurança?

Proteger a cabeça é praticamente um movimento instintivo do homem, afinal é nela que está o que podemos chamar de nosso computador central, e mesmo que ela seja dura, inclusive, em alguns mais do que em outros, ainda temos que protegê-la.

Mas será que o capacete é isso tudo mesmo?

Você já viu um capacete?

Acho que não existe uma pessoa que nunca viu o clássico capacete de trabalhador.

Afinal seu uso é muito comum e difundido, isso se deve a ideia de que o simples uso do equipamento é suficiente para evitar que aconteça qualquer desgraça.

Não que ele não seja importante, mas nós da segurança sabemos bem que ele só deve ser utilizado em último caso.

Ou seja, naquelas situações em que não foi possível eliminar ou diminuir o risco.

Usar constantemente está correto?

Também não significa que o uso constante representa o uso correto do capacete.

Uma vez que o capacete pode não estar de acordo com os requisitos legais impostos pela nossa queridíssima norma regulamentadora número 6.

Que trata dos equipamentos de proteção individual e pela ABNT NBR 8221/83 que traz as especificações e os métodos de ensaio de segurança de equipamento de proteção para a cabeça.

Quedas de objetos que resultaram em lesão são responsáveis por 3 á 6% dos acidentes de trabalho em países industrializados, segundo um dado de 2011 da OIT.

Esses acidentes são graves e resultam em afastamento médio de 3 semanas.

O formato do objeto e a energia do impacto são determinantes para a ocorrência ou não de uma fatalidade, sem o uso do capacete o crânio humano pode ser perfurado por um impacto de 45 joules.

Um indivíduo que se acidenta utilizando um capacete então tem uma proteção adicional contra o impacto da ordem de 50 joules.

Então podemos dizer que qualquer objeto com energia de impacto superior a 95 joules na cabeça de um pobre trabalhador, a chance é que resulte em morte certa.

Veja o vídeo de NR 6 sobre EPI da plataforma eSocial Brasil, onde o Charlison, nosso instrutor explica melhor a estrutura dos capacetes de segurança:


Quer ter mais informações?

Saiba que você consultor de segurança ocupacional  pode oferecer este treinamento de segurança aos seus clientes.

Para isso basta entrar em contato conosco através do site www.esocialbrasil.com.br

Além de treinamentos na modalidade EAD, oferecemos ainda uma plataforma de gestão completa, inteligente e integrada de saúde e segurança do trabalho. Garanta que seus clientes ou empregados estejam seguros.

Qual a importância de escolher os capacetes corretos?

A escolha do capacete ideal é de extrema importância, para que a proteção seja efetiva, a seleção deve ser criteriosa, a preocupação com a integridade física do equipamento não está restrita apenas no momento da aquisição do equipamento, deve haver um cuidado diário por parte do usuário, mesmo que o programa de prevenção seja responsabilidade do empregador.

É necessário que as regras de segurança sejam obedecidas, acredite na política de segurança da sua empresa e quando perceber que há algum defeito em seu capacete não deixe de comunicar ao sesmt.

Autor:  Guilherme Lage / Graduando em engenharia de saúde e segurança.

Saiba mais

EPI: Desculpas para não usar??

EPI: Como convencer o empregado a usar?

NR-06-Equipamentos de Proteção Individual-EPI

Rodrigo Oliver
Sou Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, daqueles que estão sempre falando de segurança, então a ideia é compartilhar com vocês as coisas que acredito e que têm possibilitado um grande sucesso na nossa empresa. Aqui são dezenas de pessoas trabalhando para encontrar a solução mais incrível na redução dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais.