Supervisor de Entrada: Entenda o papel dele nos espaços confinados

Sabe quem tem um papel valioso nas atividades em ambientes confinados?  O supervisor de entrada.

supervisor de entrada

Supervisor de Entrada

Sendo assim quero confessar para você que este artigo trata de um assunto muito importante e de uma peça fundamental para evitar os acidentes em espaços confinados.

Então não deixe de ler este post, pois nele você vai aprender excelentes informações.

Os trabalhos em espaços confinado precisam de no mínimo 3 profissionais e um deles o supervisor de entrada

Precisamos dos executantes, do vigia e do supervisor de entrada.

E para que a atividade ocorra sem acidentes cada um deles precisa fazer a sua parte.

Então vamos analisar o importante papel do supervisor de entrada para evitarmos um acidente.

Atividade que começa errado, termina errado!

Para uma atividade em espaço confinado começar certo o supervisor de entrada precisa desempenhar o seu papel.

É de nosso conhecimento que é de responsabilidade do supervisor de entrada o monitoramento inicial da atmosfera, elaboração da PET e o controle dos riscos encontrados.

Também o supervisor precisa ter controle de quem entra no espaço, verifica a capacitação de todos os envolvidos e, se necessário ordena o abandono de área se verificar condição de risco grave e eminente.

Dessa maneira é responsabilidade do supervisor garantir que o vigia tenha meios de acionar o resgate bem como se os serviços de emergência estão disponíveis na data e hora da atividade.

Mas infelizmente muitos deixam de cumprir suas funções colocando em risco a vida dos executantes.

Negligencias do supervisor de entrada

Para uma avaliação na atmosfera interna o supervisor precisa conhecer o espaço confinado.

Em algumas situações os supervisores falham nesse ponto por considerar o espaço simples e fácil ou muito grande.

Por características o espaço pode apresentar insuficiência ou enriquecimento de oxigênio em qualquer parte do espaço, não somente na porta de entrada.

Alguns até fazem uma boa avaliação, mas simplesmente abandona a área e só retornam no final da atividade.

Supervisor de entrada, você já parou para pensar se:

Tenho coragem de assinar como responsável de uma atividade na qual eu não tenho controle?

Se surgir uma nova condição no espaço confinado, como eu vou ordenar o abandono de área?

Se acontecer um acidente em espaço confinado provavelmente o supervisor de entrada será responsabilizado.

Acompanhando ou não a atividade ele pode responder judicialmente em caso de acidente fatal. Por isso supervisor, se atente às suas responsabilidades para evitarmos um acidente.

O trabalho que começa certo acaba certo e sem acidentes!

Autor: Ivan Dias/Técnico de Segurança do Trabalho

Saiba mais

Prolife especialista em todos os treinamentos de segurança do trabalho

Os mais assistidos vídeos de SST

 

Rodrigo Oliver
Sou Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, daqueles que estão sempre falando de segurança, então a ideia é compartilhar com vocês as coisas que acredito e que têm possibilitado um grande sucesso na nossa empresa. Aqui são dezenas de pessoas trabalhando para encontrar a solução mais incrível na redução dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais.