NR-10-Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade

A NR-10 – Norma Regulamentadora nº 10, objetiva a implementação de medidas de controle e sistemas de prevenção no intuito de garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores, que estejam direta ou indiretamente interagindo em instalações elétricas e serviços com eletricidade.

A aplicação dessa NR considera as etapas de geração, transmissão, distribuição e consumo, incluindo as fases de projeto, construção, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e as atividades realizadas nas suas proximidades.

Várias são as medidas preventivas de controle do risco elétrico e de outros pertinentes. Dentre elas, as técnicas de análise de riscos, visando garantir a segurança e a saúde no trabalho.

Também devem ser previstas e adotadas com prioridade, procedimentos e aplicações de medidas de proteção coletiva objetivando a segurança geral de todos os envolvidos.

Classificação dos trabalhadores para NR-10

A NR-10 classifica os trabalhadores como habilitados, qualificados, capacitados e autorizados. Contendo as seguintes definições:

  • Trabalhador Habilitado: aquele previamente qualificado, com registro no competente Conselho de Classe. Exemplo: Engenheiro Eletricista;
  • Trabalhador Qualificado: aquele que comprovar conclusão de curso específico na área elétrica com reconhecimento do Sistema Oficial de Ensino. Exemplo: Técnico em Eletrotécnica;
  • Trabalhador Capacitado: é considerado capacitado aquele trabalhador que atenda as condições a seguir: receba capacitação sob orientação e responsabilidade do profissional habilitado e autorizado e trabalhe sob responsabilidade do mesmo. Exemplo: Eletricista;
  • Trabalhadores Autorizados: são todos os acima citados (habilitado, qualificado e capacitado) com anuência, ou seja, aprovação da empresa. E estes devem ser consignados no sistema de registros de empregados da mesma.

Para intervirem em instalações elétricas, todos os trabalhadores autorizados, devem possuir treinamento específico sobre os riscos decorrentes do emprego da energia elétrica e as principais medidas de prevenção de acidentes.

A carga horária do curso básico (segurança em instalações e serviços de eletricidade) são de no mínimo 40 horas para trabalhadores que laboram na zona controlada.

NR-10

Eletricidade

Carga horária da NR-10

Além desse treinamento de 40 horas é importante ressaltar, principalmente para os profissionais que executem atividades nas zonas de risco de alta potência, um curso complementar SEP.

O SEP, também, têm carga horária de no mínimo 40 horas. Esse curso complementar tem como pré-requisito que o trabalhador tenha participado e com aproveitamento satisfatório do curso básico ratificado anteriormente.

É de extrema importância que os trabalhadores estejam sempre informados a respeito dos riscos que estão expostos, bem como da maneira correta para evitarem acidentes. O empregador deve ainda, realizar um treinamento de reciclagem bienal sempre que ocorrer as seguintes situações:

  • Troca de função ou mudança de empresa;
  • Retorno de afastamento ao trabalho ou inatividade por um período superior a 3 meses;
  • Modificações significativas nas instalações elétricas ou troca de métodos, processos e organização do trabalho.

Cabe ao SESMT desenvolver conjuntamente com empregador e empregados todo o processo seguro para atividades com eletricidade.

Os processos são: procedimentos de trabalho, ordens de serviço e permissões de trabalho. Tudo isso visando a segurança e a saúde geral de todos os envolvidos.

A empresa deverá criar mecanismos e validar todas as ações de segurança do trabalho para evitar que os acidentes envolvendo eletricidade venham a ocorrer.

Saiba mais

Treinamento de SEP

Ótimos vídeos de Segurança