Para ter sucesso na empresa é preciso acabar com a rádio peão! 19-05-2015

fofoca no trabalho

 

Por mais incrível que possa parecer, ainda há pessoas que vivem de fofoca e parecem ter como função, espalhar boatos e informações não comprovadas entre seus colegas de trabalho. São as pessoas responsáveis pela Rádio Peão da empresa. Essa rádio veicula notícias falsas, cria insegurança, incentiva a desunião e faz um enorme mal para todos.

É a rádio que funciona nos refeitórios, nos vestiários, nas salinhas de café, na recepção e também após o expediente, nos bares, pizzarias e restaurantes, onde os funcionários se reúnem após o trabalho e até nos finais de semana.É preciso acabar com a Rádio Peão.
Se você tem alguma dúvida sobre sua empresa, pergunte ao seu superior. Se você ouviu alguma coisa, fale direta e profissionalmente, com a pessoa certa de sua empresa, mas não leve adiante informações e comentários sobre coisas que você não sabe direito ou apenas ouviu dizer. O mal que a Rádio Peão faz é muito grande.

As pessoas responsáveis pela Rádio Peão perdem a credibilidade, prejudicam sua imagem profissional e acabam impedindo suas próprias promoções.  Lembre-se que qualquer informação sobre sua empresa pode afetar a imagem dela no mercado, ter consequências imprevisíveis do ponto de vista econômico e você poderá ser responsabilizado por passar informações falsas ao mercado.
Assim, tome cuidado! Não leve adiante uma informação não comprovada oficialmente pela sua empresa. Não comente coisas que não são de sua alçada ou competência. Acabe com a Rádio Peão.

Pense nisso. Sucesso!

Fonte: http://www.anthropos.com.br/280-textos-de-motivacao-e-sucesso.html

Rodrigo Oliver
Sou Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, daqueles que estão sempre falando de segurança, então a ideia é compartilhar com vocês as coisas que acredito e que têm possibilitado um grande sucesso na nossa empresa. Aqui são dezenas de pessoas trabalhando para encontrar a solução mais incrível na redução dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais.