Dimensionamento da CIPA, saiba como fazer sem complicações!

O dimensionamento da CIPA não é complexo, mas exige atenção e deverá ser feito obedecendo na íntegra a NR-05.

Antes de efetuarmos mais informações, devemos relembrar a definição de CIPA: Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.

Esta importante comissão tem o objetivo de prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

A importância do dimensionamento da CIPA

O dimensionamento da CIPA é muito importante, porque esta comissão será composta por representantes do empregador e dos empregados.

Tudo isso de acordo com o dimensionamento previsto no Quadro I desta NR, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos.

Quando o estabelecimento não se enquadrar no Quadro I, a empresa designará um responsável pelo cumprimento dos objetivos da NR-5.

 O passo a passo do dimensionamento da CIPA

É importante considerar os seguintes itens para o dimensionamento da CIPA:

  • Verificar a quantidade de funcionários;
  • Coletar os dados da empresa como o ramo de atuação indicados no CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) da empresa.

Importante: Se você possui o CNPJ da empresa é só consultar o site da Receita Federal para saber qual o CNAE da empresa.

  • Fazer análise das informações com o quadro I,II e III da NR-5.Vamos então para o quadro III da NR-5, onde cada CNAE é especificado o grupo a qual ele pertence, confira:
Dimensionamento da CIPA quadro III

Quadro III da NR-5

No quadro acima não está dimensionada todas as atividades, é somente para caracterizar alguns exemplos.

A coluna da esquerda representa a numeração do CNAE e a coluna da direita o grupo a qual cada atividade representa.

Então para sabermos do dimensionamento da CIPA vamos para o quadro I da NR-5 como mostra a imagem abaixo:

Dimensionamento da CIPA quadro I

Quadro I da NR-5

Aqui devemos cruzar as informações do número de funcionários e o grupo a qual sua empresa pertence.

Vejamos o exemplo

Atividade de extração de carvão mineral, CNAE 05.00-3 pertencente ao grupo C-1 com 502 funcionários, com resultado a empresa deverá ter 6 membros efetivos e 4 membros suplentes.

De acordo com a NR-5, a CIPA deve ser composta pelo mesmo número de representantes para o empregador e empregado.

Sendo assim a soma de efetivos e suplentes será 10.  Nesse caso a CIPA será composta por 10×2, totalizando 20 membros.

Onde  10 membros representam os empregados e 10 representam o empregador.

Saiba mais

Treinamentos para os membros da CIPA

Os melhores e mais visualizados vídeos de segurança do trabalho

Rodrigo Oliver
Sou Engenheiro de Segurança do Trabalho e Higienista Ocupacional, daqueles que estão sempre falando de segurança, então a ideia é compartilhar com vocês as coisas que acredito e que têm possibilitado um grande sucesso na nossa empresa. Aqui são dezenas de pessoas trabalhando para encontrar a solução mais incrível na redução dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais.